[RESENHA] Os Imortais de Meluha - A Trilogia Shiva - Amish - Editora Nversos


Existem grandes histórias em todas as partes do mundo, tanto nas culturas mais antigas como nas novas sempre houveram mitos ou alguma história sobre um grande herói ou heróis, histórias como Hércules e Homero, dos gregos, Thor e os nibelungos na mitológica nórdica e até a bíblia possui histórias de grandes homens fazendo grandes feitos, todas sendo contadas e recontadas através das gerações.

Na Cultura pop moderna temos vários exemplos de épicos que bebem da fonte dos mitos como O Senhor dos anéis, Harry Potter, Matrix, histórias da Marvel, DC Comics entre outras editoras em quadrinhos, sagas mais recentes como Jogos Vorazes e Maze Runner, tanto os livros como o cinema sempre buscaram inspiração nessa premissa.

São tantos que seria preciso vários posts apenas para menciona-los .

Apenas a pouco tempo vim descobrir uma saga épica com ingredientes de uma das culturas com talvez, o maior simbolismo que já vi, e mesmo assim pouco abordada pelas mídias de ficção.

O romance de estréia do autor indiano Amish, considerado o “Tolkien da Índia” mistura a milenar religião indiana e ficção.

Os Imortais de Meluha nos leva a acompanhar Shiva, o protagonista que dá nome a série, um líder tribal que vê no convite de outro povo a chance de dar uma vida melhor a sua gente, no entanto ele descobre que seu destino e bem maior do que algum dia imaginou, uma profecia se cumpre nele e Shiva acaba se vendo como parte muito importante de uma sociedade quase utópica, onde seu papel poderá definir o destino de muitos.
Nele somos levados a acompanhar a jornada de autoconhecimento e aceitação de Shiva, que devido a um acontecimento do passado, muitas vezes não se vê digno, enquanto somos apresentados a sociedade e aos costumes da cultura indiana. 
Sendo a primeira parte de uma trilogia, o livro é focado em um grupo pequeno de personagens, tendo ênfase na relação entre Shiva e Sati, personagem que tem uma influência muito grande nas decisões tomadas por Shiva e como ele toma tais decisões, os diálogos e enredo são simples mas ricos em conteúdo, eu esperava mais ação, mas talvez por se tratar do início da jornada, ela tenha sido sacrificada para um maior aprofundamento dos personagens e deixada para os próximos livros.

Os Imortais de Meluha vai mais além do que contar a história de um mito, a abordagem filosófica nos faz em vários momentos refletir sobre os moldes de nossa sociedade e nós como indivíduos.

Para proporcionar uma experiência mais rica ao ler esse épico a editora NVersos, preparou um site com várias informações adicionais e curiosidades sobre a cultura indiana.

http://trilogiashiva.com.br/


Outra dica bem legal é o site do autor, que dispões de links para músicas oficiais da trilogia, aumentando ainda mais a experiência do leitor em determinados momentos.

http://www.authoramish.com/shiva-trilogy-music/













Essa matéria foi produzida em parceria com a editora NVersos.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.