Como ler Hqs Dc Comics 1 | Flash de dois mundos e o início do Multiverso 1961




Olá pessoal, 

Hoje começo um especial para ajudar a quem que ler as hqs da Dc comics, mas não tem a menor ideia de como começar. 

Preparei pra você uma série de matérias falando dos principais arcos e revistas que você pode ler e ficar por dentro de todo universo Dc.

Tomei essa decisão, pois não conhecia tão bem o Universo Dc quanto gostaria, e fiquei interessado em acompanhar as revistas da editora a partir do (até então) seu novo arco "Renascimento", foi aí que senti a necessidade de buscar mais sobre a história da editora e suas publicações e não encontrei matérias que não fossem superficiais ou muito aprofundadas (feitas para leitores de longa data e que achei muito cansativas).

Dentro desses posts que criei você vai encontrar informação suficiente para entender os principais arcos e e acontecimentos caso não queria ler todas as hqs, mas também não quero estragar as surpresas para quem se interessar em ler todas essas revistas.



A Dc Comics foi uma das primeiras editoras a apostar numa revista em quadrinhos de super-heróis, foi ela que publicou nos anos 40, através da revista Action comics que trazia na capa o Superman, foi com essa revista que tivemos o início da Era de ouro dos quadrinhos.




A era de ouro trouxe também mais dois ícones pela Dc Comics, Batman  e Mulher Maravilha, formando a famosa trindade da DC. Essa era durou até pouco depois da segunda guerra mundial.





Após alguns anos de vendas caindo a editora revista resolveu lançar a linda Showcase Presents, com novas versões do Lanterna Verde e The Flash, que apareceu na revista nº 4, de 1956.
A revista foi o marco para o começo da Era de Prata dos quadrinhos da Dc Comics.


The Flash, que agora era o policial florense Barry Allen e tinha recebido seus poderes depois de um acidente em seu laboratório. O tom das revistas era menos místico e mais científico, além de seguir a tendencia dos quadrinhos de ficção científica, essa era uma forma de conquistar novos leitores.

Posteriormente já na revista The Flash #123 de 1961, escrita por Gardner Fox e com desenhos de Carmine Infantino, Barry Allen, acaba acidentalmente em outra dimensão, uma outra Terra, muito parecida com a nossa, mas que tinha seu próprio The Flash.




Estava criado o conceito de Multiverso.

Na historia, Barry esta ajudando sua esposa Iris West, substituindo um mágico em uma festa beneficente para órfãos, durante uma mágica ele vibra em uma frequência que o leva para outra terra. Lá ele encontra Jay Garrick, (o Flash da Era de Ouro) e o ajuda com alguns crimes que estavam acontecendo.

A partir dessa historia, outros personagens passaram a interagir com outros personagens dessa outra terra, como exemplo o Lanterna Verde.

Flash de dois Mundos foi não só um marco para o Universo Dc, mas também para editora, ela construiu a base para várias outras histórias e a criação do gigantesco multiverso, onde vários roteirista tiveram liberdade para criar muitas das mais incríveis histórias entre todos os quadrinhos.

A terra de onde Barry veio ficou conhecida como terra 1 enquanto a terra de Jay Garrick como terra 2.  Depois outras terras vieram e com o tempo acabou complicando um pouco as historias fazendo com que a dc fizesse um reboot para simplificar as coisas.

Um perculariedade das nossas traduções é que aqui no Brasil, o Jay Garrick recebeu o nome de Joel Ciclone.


Não perca semana que vem mais na segunda parte do nosso especial onde vou falar sobre a decisão da Dc de destruir vários desses mundos alternativos em Como ler hqs Dc Comics 2 | Crise em infinitas terras e o primeiro Reboot.


Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »
Postar um comentário
Obrigado pelo seu comentário